Contacte-nos através do nosso email:
cethomar@hotmail.com

12/17/2007

O Sonho de S.Bernardo


-Há alguns dias atrás passei pela experiência de um estranho sonho de que desejo dar-vos notícia.
Assim falou Bernardo de Claraval ao capítulo dos Templários reunido a seu pedido numa das salas da abadia cisterciense de Claraval.

-Nesse meu devanear pelos sombrios caminhos da noite vi-me transportado à beira de uma alta falésia frente ao imenso oceano. Logo soube (ignoro por que artes do sonho) que me encontrava na extrema costa ocidental da Ibéria, no antigo país dos Lusitanos, terra que no entanto me era desconhecida.
Diante de mim estendia-se, sob o sol enlouquece dor de luz, esse mar incógnito que tanto temor infunde nos marinheiros. Trazido pelo rijo vento do largo, mesclando com mil vozes da natura, um urgente apelo atraí-me para o horizonte distante. Mas outra força poderosa retinha-me, puxava-me para o interior das terras. E nessa contenda vacilava o meu corpo e mais ainda a minha alma!
Foi então que vi, ou me pareceu ver, erguerem-se, por breves momentos, na neblina do horizonte, as torres brancas de uma cidade prodigiosa, que, no mesmo instante, reconhecia não poderem ser outras senão as da capital da malograda Atlântida, cujo destino funesto tão vivida mente nos evocou o sábio Platão. Fascinado, dei alguns passos em frente, lançando-me no abismo que se abria a meus pés, mas estranhamente nenhum terror me invadiu, como seria natural, pois me encontrei a voar suavemente em direcção a essa visão fugaz, indiferente ao tumulto dos elementos.
À medida que ia vogando tudo se desvaneceu e tornou um tom avermelhado. Pouca a pouco fui despertando. Encontrando-me finalmente deitado na minha cela por cuja estreita janela um raio do sol nascente vinha tocar-me nos olhos. Uma nostalgia profunda desses momentos ímpares me habita ainda o espírita passados tantos dias ....
Que pensais de tudo o que acabo de vos contar?

Após um prolongado silêncio o mestre da ordem falou assim:
-A meu ver, senhor, esse vosso sonho toma o aspecto de um aceno do destino. Um destino ligado a esse extremo da Ibéria e que parece apontar para a demanda de uma Atlântida simbólica ou de misterioso! Também se me afigura que a força que vos retinha viria do coração da Hispânia, dessas nações que estando naturalmente tão empenhadas nas guerras de reconquista muito pouco dispostas se viriam em lançar-se nos perigos e incertezas de tão grande esforçada aventura marítima.
Talvez o significado profundo do vosso sonho seja que tal gesta não será possível se não houve nessa faixa ocidental da península uma nação independente, toda voltada para o mar, que possa assumir a realização de tão grandioso objectivo.
-tocaste num ponto importante, meu amigo - replicou bernardo
-e sabei quanto os vossos pensamentos estão bem perto das minhas próprias reflexões!
Pedindo a palavra um segundo cavaleiro disse então:
-Sabemos senhor, que existe nessa terra ocidental um príncipe, D.Afonso e um povo que anseiam por se tornarem independentes.
Porque não irmos ao encontro desse desejo e usando nossa forte influência favorecemos aí o nascimento de uma nova nação?
-trabalhosa tarefa, que pode exigir todo o esforço e valor que em nós pudermos encontrar, mas sedutora -retorquiu o abade após uns momentos de reflexão.
Foi nesse momento que um terceiro cavaleiro, profundo conhecedor de questões de geometria simbólica, se ergueu lentamente da sua cadeira e com um olhar intenso que parecia fintar um horizonte longínquo, muito para além das espessas paredes da abadia, assim falou:
-Quantas vezes já sonhei acordado com tal possibilidade! Deixa-me dar um alvitre, fruto de certas ideias que há muito me acalentam o espírito. A terra é um ser vivo, forças obscuras a percorrem. Podemos canalizá-las, pô-las do nosso lado. Porque não tentarmos envolver essa nova nação no escrímio estimulante de um recinto sagrado, à terra bem ligado sob o olhar benevolente dos astros?
Talvez usando mesmo aquela forma que é para nós é tão sagrada, o místico duplo quadrado.
Talvez assim, sob nossa orientação discreta, melhor se vá cumprindo o vosso sonho, as portas se abram do mar desconhecido aumente-se o mundo, a Humanidade nele e o divino nela!
Um murmúrio de aprovação acolheu estas palavras, ao que Bernardo correspondeu dizendo:
-Bem me parece que foi os céus que falaram por vossa boca! Assim vos dou a incumbência de gizares um plano detalhado que traduza essa bela ideia. Por nossa parte tudo faremos para torná-la realidade, mesmo sabem do que grandes trabalhos e dificuldades nos hão-de surgir pelo caminho. Mas não é esse, afinal, o modo de caminhar que mais fundo nos cala na alma?

23 comentários:

Anónimo disse...

Fita com olhar sphyngico e fatal
O ocidente ,futuro do passado.
O rosto que fita é Portugal.

JOÃO C.

Anónimo disse...

"As nações são mistérios"


JOÃO C.

Anónimo disse...

Poderei saber onde posso confirmar a descrição do sonho descrito? Um livro, uma bibliografia ou algo que permita-me acreditar que não se trata de uma invenção de agora.
Obrigado

Sem Nome

Anónimo disse...

Meu caro(a)
Como deve saber niguém tem 100% de certeza em relação a estes temas,pois documentos escritos por Templários não existem.
Naquela época uma palavra valia mais que mil documentos.Infelizmente muita dessa tradição oral foi desaparecendo,restando hoje apenas pistas.
Quanto ao texto ele foi retirado do Livro (mitogeometria de Portugal)de Carlos Calvet,edítora Hugin.Edição de 2000.
É um livro difíl de ler ,mas uma boa ferramenta de trabalho.

JOÂO C.

Anónimo disse...

onde esta difíl é difícil

JOÂO

Anónimo disse...

Caros(as)companheiros(as)
Venho em meu nome e do Azul desejar Um FELIZ NATAL e um prosporo ANO NOVO a todos.
Que a luz dos Templários nos ilumine o nosso caminho,nesta busca pela verdadeira História desses POBRES CAVALEIROS DE CRISTO E DO TEMPLO DE SALOMÂO.

BOAS FESTAS

Anónimo disse...

Muito agradecido pelo sua atenção quanto ao esclarecimento solicitado em relativo à bibliografia. Fico surpreendido por tal descrição existir no livro que cita. Já o li e nem vaga memória tenho de tal coisa.

DEgraconis

Ps: Bom Natal para ti J.C :)

Anónimo disse...

Para ti também.
D.R.

JOÃO

Anónimo disse...

O melhor será ler o livro novamente, não é Sr. Degraconis..o que não queremos é que lhe falte a memória, não senhor : )
Espero que tenham passado um Feliz Natal, e desejo a todos os meus amigos e, já agora ao Blog, um próspero Ano Novo de 2008.
Ana P.

Anónimo disse...

As mudanças são passageiras,os momentos fluem pelo presente ,temos pouco tempo para tudo,a vontade de fazer nos anima,não nos convém o nada de negação;uma vida morta em compasso de espera,um lugar reservado no mundo que virá .
hoje,voaremos com asas próprias com os Deuses e não lhes seremos estranhos.
Abandonaremos a sacrossanta concordia da Fé e abraçaremos a suprema aventura do desconhecido.

Que os Deuses abram as suas portas a vocês
Parabéns ao blog e aos seus autores.

A ORDEM FALOU

Anónimo disse...

Caros amigos (as)
Desde o dia 21 de Dezembro que o castelo de Tomar e o convento de Cristo têm entidades responsáveis difrentes ,conforme consta de uma portaria publicada no diário da República.
O Convento de Cristo e o Aqueduto dos pegões ficam sob a tutela do IGESPAR,enquanto o castelo e a ermida de nossa senhora da conceição estão sob responsabilidade da DRCLVT.
CAROS AMIGOS(as) TODOS CRITICAM ESTA DIVISÃO .
PORQUE FOI FEITA???????
QUEREMOS A VOSSA OPÍNIÃO!


JOÃO

Anónimo disse...

Talvez para baralhar!não???????
Essa ministra gosta mesmo de esconder tudo.

Pedro

Anónimo disse...

Para já, torna-se muito mais complicado conseguir autorização para o que quer que seja.......especialmente quando se separa o que está junto e une o que não está....´
E quem sabe, outras razões sórdidas....

Anónimo disse...

Afinal a teoria da conspiração existe mesmo em Tomar!
E eu a pensar que era tudo bluf.

M

Anónimo disse...

Teoria (da conspiração ou outra) existe de certeza,porque teorias há muitas, o que me assusta e entristece é que parece também haver a conspiraçãozita.......

Anónimo disse...

Gostava de saber se a ministra é da OPus dei ou da Maçonaria.
Para baralhar tudo em Tomar como fez em coimbra ,aqui á gato,Hummmmmm.

Anónimo disse...

Mas não há quem defenda que a Maçonaria provém dos Templários??
Nomeadamente, dos que se refugiaram na Escócia após o extermínio da Ordem?
Não creio que fosse do interesse da Maçonaria bloquear fosse o que fosse...Há uma noção muito errada do que de facto é a Maçonaria.

Anónimo disse...

COMO DEVE SABER TAMBÉM EXISTE MAÇONARIA BOA E MAÇONARIA MA´
EXISTEM GRANDES MAÇONS.
LONGE DE MIM OFENDER A VENERAVEL MAÇONARIA.
TAL COMO HAVIA TEMPLÁRIOS BONS E MAUS.

Anónimo disse...

1108-2008

1-4-8 0

E o ciclo mais uma vez se vai fechar.

^
-
^

Anónimo disse...

Podem explicar-me sff o que quer dizer o comentário anterior? Obrigado

Anónimo disse...

Creio que nem quem escreveu, sabe o significado do que escreveu.
Assim, só contribuimos para que o blog e tudo o que a ele esteja associado, perca credibilidade.
Ou então sejamos claros, ora bolas(desculpem o desabafo).

CM disse...

OLAAAAAAAAA! EU SEI QUE TENHO ANDADO DESAPARECIDO! MAS NAO ESTOU MORTO EHEHEHEHE. TOU CHOCADO!! ISTO REALMENTE TA MUITO MAU, MAS TAMBEM NAO PARA DRAMATIZAR, QUER DIZER UM BOCADINHO SÓ! TEMOS UM PADRE MALUCO QUE GOSTAVA DE SABER QUEM FOI O PERITO QUE LHE DEU AS INDICAÇOES DE QUE A CRUZ NAO PERTENCE AO QUADRO. (MAS VOU LA VER O HOMEM ATE PODE TER RAZÃO, O QUE NAO LHE DÁ O DIREITO DE MEXER NAS COISAS) . OS GRÁFITES NÃO PRECISO ACRESCENTAR NADA ACHO QUE PARTILHAMOS TODOS O MESO SENTIMENTO.
BEM MAS ESCREVI PA DAR UM ABRAÇO AO PESSOAL...
CM

Pato Bravo disse...

http://cidadetomar.blogspot.com

VISITEM E DIVULGUEM ! :D