Contacte-nos através do nosso email:
cethomar@hotmail.com

11/21/2007

Santa Iria V – Contexto histórico-social


A zona de Tomar desde á 4 milénios que é povoada por povos primitivos, aproveitando toda a zona fértil desde o vale do Nabão, (Serra do Sicó), até ao rio Zêzere, toda esta zona está rodeada de castros e vestígios de civilizações antigas, um dos maiores povoados desta zona situa-se a 2 km de Tomar, e tem cerca de 2/3km de área é o povoado da Fonte Quente (ainda há pouco tempo, esteve em escavações devido á abertura de uma estrada.)

Entretanto Tomar torna-se Nabância, que foi fundada primordialmente pelos Túrdulos em 480 a. C. e entre os séculos VI e VII, Sellium foi paróquia sueva e depois visigoda cujo limite vai até ao rio Zêzere fronteira natural que sempre marcou os limites administrativos.

Durante os Sec. V, VI e VII vivia-se um clima rural e as cidades destruídas pelas lutas, não eram reconstruídas, pelo menos, na sua totalidade, preferia-se viver em quintas e é de destacar várias em redor de Tomar.

Na altura do nascimento da Santa praticamente toda a Península Ibérica era governada por visigodos e teriam vários condados e que um deles era o Theodomari, genitivo de Theodomaraus, que corria ao longo do rio que tomou o seu nome, o de Tomar, nessa altura o condado abrangia assim varias freguesias, numa dessas perto de Ourém nascera Santa Iria, por isso nos dias de hoje muitas pessoas consideram que a Santa Iria não nascera em Tomar, mas nessa altura, ainda pertencia.


Também é bom recordarmo-nos que, se os suevos que habitaram recentemente essas terras, foram convertidos ao cristianismo por S. Martinho de Dume, os visigodos só se converteram com Recáredo, em 589 d. C., 64 anos antes do martírio da nossa Padroeira.

Os muçulmanos logo após a invasão da península cerca do ano 711 a. C instalaram-se na região de Tomar, mas poucos vestígios deixaram que tenham influenciado a região excepto os açudes e as rodas do rio.

Quanto ao topónimo que deu nome ao Concelho, pensa-se que na palavra Tâmara, Tamarici ou Tamarus a origem etimológica de Tomar e com o semelhante significado que quer dizer rio ou as suas proximidades.

Continua... (ainda)

2 comentários:

Avô Cavernoso disse...

Algo está mal!!!! CASTROS PALEOLÍTICOS??? No paleolítico não havia castros!!!!

Consultem:
http://arqueologia.informe.com/paleoln-tico-dt55.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Paleol%C3%ADtico

A cultura castreja começa na IDADE DO FERRO (1200 ac)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cultura_castreja
http://pt.wikipedia.org/wiki/Idade_do_Ferro

Azul disse...

obrigados aos dois leitores atentos....
vou tratar de corrigir os erros cometidos.
até breve