Contacte-nos através do nosso email:
cethomar@hotmail.com

2/20/2008

Santa Maria do Olival

Olá.
Peço desculpa, pois não temos estado muito atentos às discussões do blog.
Assim sendo decidimos colocar algumas fotos que possam ajudar a chegar a uma opinião comum entre todos os leitores.
Também achei interessante mostrar outras imagens que são bastante curiosas e interessantes.
Queremos saber a vossa opinião.


*O tão falado "T"...


*Em 1948. Obrigado Sr. Rui Ferreira


* Na fachada principal do Templo no lado esquerdo uma frase que ocupa varias blocos calcarios, aqui fica apenas um


* Resto de uma coluna...


*....


* No atrio do Templo

Cumprimentos

82 comentários:

InsideJob disse...

Vocês são fantásticos.
O tal T parece ter sido "restaurado".
Apenas a base apresenta indícios de originalidade.

Então era rebôco Sr Super man? Parece que ambos temos razão - é rebôco e original


Quanto à epigrafe nunca tinha visto aquilo. É bom que se transcreva, por decalque antes que se perca. vêm aí os gases agressivos do trânsito automóvel....

Anónimo disse...

Curiosa a parte final do "T"
Cumprimentos,

Anónimo disse...

É a junção das 2 pedras que faz aquilo

Anónimo disse...

Faz o quê?
A base do T?

Veja lá melhor se faz favor

Anónimo disse...

T=tau

Anónimo disse...

Que imaginação.
T=Tau=TóTós

Anónimo disse...

Meus amigos,vejam lá bem!
Já viram algum T cuja parte de cima é maior que a parte central.
Que imaginação.

O Ninja de Ceras disse...

Cheira-me a reboco!!!! Não será este T fruto de antigos restauros??

InsideJob disse...

leiam os posts anteriores, é claro que pode ser rebôco.

Mas destruir a hipótese só "porque os braços do T são maiores que o pé" é pouco consistente.

Só indo ver de perto se poderá ver o que é restauro ou o que é original. E se o restauro ocasionou aquela "ilusão" ou antes tentou preservar a letra T. Pode ainda dar-se o caso de ser um outro qualquer símbolo a estar lá originalmente... Um I por exemplo, ou então um conjunto mais extenso de caracteres do qual apenas sobrou o do meio ...

InsideJob disse...

Mas a ser um T, o que poderá significar ?

Sei de uns "livros manhosos", os quais não ouso citar, que lhe dão um sentido muito concreto ...

Os antigos deixaram-nos, entre outras coisas, símbolos. As razões foram as mais diversas, tentemos lê-los e com isso aprender algo.

Anónimo disse...

T=Franciscanos vão a net.Isso não é nenhum T.
Não venham falar de uma ordem ultra secreta que esconde os segredos do Universo ahahahaha.
Amdam a ler muito romance.

Anónimo disse...

Também existe um T em S.João batista.
Esse é mais descarado.

InsideJob disse...

Diga Diga !!!???

InsideJob disse...

Entretanto para o Irmão Tranciscano:
Posso dizer-lhe que na iconografia franciscana não conheço nada que seja parecido com a imposição da letra T. Mais, a Ordem franciscana deverá ter sido a primeira a "abdicar" das criptologias medievais, optando, e isto sim é novidade para a época, por um discurso socialmente ecuménico, que mereceu aliás resistência da Igreja católica.
Não estará o Sr. anónimo a confundir o nosso hipotético T com uma marca de canteiro existente na Igreja e Convento de S. Francisco ???

Kanina disse...

Em relaçao as letras, sao possivelmente do tempo dos romanos, ja que muitas pedras vinham de contruçoes romanas. nao vejo nada de misterioso.

o "T" como ja disseram tambem me parece a junçao de duas pedras, tambem nao vejo nada de misterioso.

InsideJob disse...

Curiosamente a imagem das "letras" permite um grande aumento. Garanto-lhe não se tratarem de letras Romanas mas sim posteriores, medievais pelo menos.

Quanto ao T, não digo mais nada, já vi que a malta não está na onda da investigação....

Anónimo disse...

Esta gente é tão cega...T é o tau de S. Francisco...

Anónimo disse...

Não há duvida que se trata do reboco do restauro!

Anónimo disse...

DEGRACONIS

Sr. Insidejob e Sra. Kanina, não estarão interessados em conhecer o grupo que ocasionalmente tem-se reunido em Tomar? Iremos promover muito brevemente mais um encontro, onde incentivemos a discussão de todos estes assuntos que tem vindo a ser debatidos no blog.

Saudações
515

Kanina disse...

sim, promovam que eu apareço se puder, com muito gosto.

InsideJob disse...

Sr. Degraconis
Obrigado pelo convite...

Dada a distância que me separa de Tomar, 1515 km, acho difícil, no entanto nunca se sabe.

Entretanto voltando à liça..

Mas Tau franciscano onde, onde é que esse Tau está ??

Anónimo disse...

Em vez de 1515 não será 515

Anónimo disse...

Ai os meninos(as) levam é Tau Tau.
Com tanta terra para cavar andam á procuram de um T.
O país esta abandonado,vamos mas é plantar couves,nabos e Grelos e criar umas galinhas,coelhos e porcos.
O T que procuram é o T de tramados,quem não planta não come.

Batata

Anónimo disse...

Não será o T de Tomate

InsideJob disse...

Senhores Agricultores

Duvido que as vossas teorias maoistas tenham ainda "cabidela" na nossa sociedade.

Mas ainda assim sugiro que fundem um blog onde poderão dar largas às vossas chinesices, deixando a malta aqui tranquila

Brigadinho

quanto aos quilómetros são mesmo 1515 !!!

Anónimo disse...

De que vale ter dinheiro e fama se não houver comida.

A luta Continua

InsideJob disse...

O anónimo para a Rua !!!

Kanina disse...

vamos por é o anonimo a cavar... batatas :)

Anónimo disse...

Camada de desocupados.
Devem ser mesmo centralistas de Lisboa ,terra onde nada se faz.
Venha cá para o Norte aprender a cavar.

Kanina disse...

;) nao sou de lisboa, sou mesmo de Tomar.

se eu sou desocupada voçe é invejoso...

para sua informaçao ja peguei numa enchada, e ja arranquei batatas embora isso ja nao se faça ca por casa porque so da prejuizo.

Anónimo disse...

Caros companheiros de blog.
Acho que chegou a altura de parar de falar em agricultura.
Este é um blog que se dedica ao estudo da história de Tomar e dos Templários.
De certeza que existem blogs sobre a temática agricula.
Peço ao senhor(a)anónimo que respeite a opinião dos outros.
Quanto ao T vamos todos discutir de maneira civilizada se é ou não um T e se o for ,se é feito pelo Homem ,pela natureza ou um fruto do acaso.
Só mais uma coisa ,por favor não vamos traser politica para o blog.
este blog é laico e apartidario.
Saudações fraternas

JOÃO

Azul disse...

OLá.

Aproveito para alargar o convite feito pelo amigo Degraconis relativamente ao Jantar que se irá realizar em Thomar no dia 1 de Março ~;o).

Quero tambem anunciar que quem quiser participar neste jantar convivio terá que me informar, para que possamos reservar mesas para todos. Será mais uma oportunidade de juntar os velhos amigos do blog e alarga-lo a outras pessoas que estejam curiosas ou interessadas, será tambem uma boa oportunidade de conseguirmos debater este e outros assuntos ao vivo.

Até lá podem avisar para este mail: o_cruzado@hotmail.com

Cumprimentos

Anónimo disse...

Laico?! Desde quando falar de templários permite ser laico?!

Cresçam e apareçam!

Deixem de brincar aos mistérios...Voces não sabem nada!

Kanina disse...

Entao voçe sabe?? Esclareça as nossas pobres mentes, que obviamente nao sao tao brilhantes como a sua.

:)
agradecida

InsideJob disse...

Sr Anónimo -- o João quis referir-se, escrevendo laico, que este blog não alberga ideologias políticas ou religiosas num carácter sectário, antes sim pretende ser um fórum desinibido para uma discussão saudável de temáticas históricas muito caras às pessoas de Tomar mas também a todos os que encontram na cidade do Nabão referências às suas preferências estéticas, filosóficas e também científicas, porque não?

Assim, não pense, e isto serve um pouco para todos nós, que o facto de conviverem aqui no blog, simples curiosos, onde me incluo, corresponda de uma "cambada" de desocupados que se divertem a trocar recadinhos misteriosos.

Nós gostamos disto, há quem goste de outras coisas, a net tem espaço para todos.

Obrigado pela compreensão

InsideJob disse...

De facto o Tau É um símbolo franciscano
Dou mão à palmatória, anónimo Tranciscano, desculpe-me.
fui a
http://www.capuchinhos.org/francisco/simbolos/tau.htm

e vi a luz.

O T (tau) hebraico, não um T latino!

MAS aquele T, a ser um T, Não é Franciscano.

Anónimo disse...

Já agora senhor anónimo diga qual a religião dos Templários ?se sabe alguma coisa de História

Miguel

PS disse...

opa quanto ao T ou tau como lhe queiram chamar é facil saber se é ou não rebouco!
Faz-se a datação por Carbono 14
Yeah!!

chamem o CSI

InsideJob disse...

Já que estamos numa de "instrução" Sr PS, queira ficar informado que o carbono 14 apenas permite datar materiais orgânicos, por exemplo madeira, ossos,tecidos animais, etc.
Os materiais construtivos como a areia, a cal e a pedra, apenas podem ser datados por tipologia comparada, isto é: tendo como certo que determinada proporção de ligantes (cal, cimento, barro) se misturava com os restantes inertes (tipos de areia e pedra)em determinada época, poder-se-á "datar" comparativamente determinada construção.
Já com a cerâmica e metais,os métodos são outros e têm a ver com a diferença de horizontes magnéticos. Esta técnica apenas se pode aplicar a peças cujo local original nos pareça não ter sido alterado.
É um bocado complicado de explicar, mas creio ser assim...

ICSMO disse...

No Jornal o Mirante de 21-02-2008

Arrombaram portão das Portas do Sol com viatura

Mais um acto de vandalismo


Desconhecidos arrombaram na madrugada de domingo o portão do jardim das Portas do Sol, em Santarém, com uma viatura, e andaram dentro daquele espaço nobre. Desconhece-se quanto tempo a viatura andou dentro do jardim, mas o certo é que ficaram marcas de pneus no caminho principal em torno da fonte e da estátua de D. Afonso Henriques. A PSP esteve no local a tomar conta da ocorrência enquanto funcionários da Câmara de Santarém tentaram remediar o estado do portão, que apesar do embate ficou apenas com algumas dobradiças danificadas.

Insidejob disse...

A viatura do ou dos culpados podia ter seguido sempre em frente ....

Kanina disse...

LOLOLOLOL

Era uma bela coisa.

Devem ter caca de galinha na cabeça so pode ( dentro deduza-se).

Anónimo disse...

1 Março de 1160 / 1 Março de 2008

Viva Thomar

Obrigado D.Gualdim Paes

Gualdim Pais disse...

Sempre às "Ordens" caro anónimo !
Se precisar de mim estou na Santa Maria do Olival.

Anónimo disse...

Tenha vergonha não se faça passar por esse nobre senhor.

Usurpador da Identidade de Gualdim Pais disse...

Não foi minha intenção desprestigiar o nosso fundador!

Antes "dar-lhe" voz, se ele pudesse falar não diria boas coisas, tal é o que se passa em Tomar.

Tente ver isto por este prisma. Se por acaso V. Exª. é de facto um fundamentalista, tenho pena. Não deve ver muito teatro nem tampoupo um filmezito.

Já agora ... "não se esqueça de defender o património, se faz favor!"

Anónimo disse...

Meu caro peço Desculpa se me enganei a seu respeito.

Anónimo disse...

No dia 1 Março fui dos muitos presentes nas cerimonias frente a camara municipal e de fronte a estatua de D Gualdim Paes.
Gostei de ver todo o elenco camarario,militar,policial e varios grupos e associaçãoes do concelho a prestar Homenagem a D .gualdim.
Mas uma coisa me dixou de Boca aberta,não vi nenhum representante da Igreja.
Será que a guerra templários e igreja ainda continua??
Gostava de uma resposta.
Ainda não percebi por que é que a igreja se serve dos bens templarios e continua a renegalos.

Anónimo disse...

E se guardassem mais o Templo, em vez de tentarem decifrar as pedras e os símbolos? É que pelo caminho que a igreja leva, qualquer dia não há nada para guardar.

Anónimo disse...

É verdade,tanta coisa por causa de uns símbolos dos canteiros.
Esta malta quer é ganhar dinheiro a custa disso.Com isto se vende livros e se engana os desgraçados dos compradores.
É isso e o trabalho arquiologico em st Maria do olival.
Quanto é que o ipt esta a ganhar com aquelas escavações.aqueles ossos já foram mexidos pelo menos umas 5 vezes.Basta ver os livros da cidade.
É tudo a roubar a custa da Historia de Tomar.

InsideJob disse...

Em relação aos dois últimos comentários tenho a dizer o seguinte:
Não posso dizer que discordo totalmente dos seus conteúdos.
Em tudo na vida é preciso equilíbrio. De facto, muitas vezes a "sanha investigatória" negligencia a vida real, alheando o cidadão das suas obrigações mais imediatas.
Sim senhor, é certo que as coisas não vão bem para os lados das Igrejas de S. João e Stª Maria. Já aqui falámos disso.
Mais uma vez digo, ou pergunto, há comissão de arte sacra ou não há ?

Quanto às escavações, não crei que sejam umas reescavações.
Tendo participado há muitos anos numa escavação junto à Torre Sineira, sei que estamos perante uma zona de cemitério medieval.
Foram posteriormente feitas intervenções por várias entidades entre elas o IPT, o IPA, a CMT, etc.. À frente dessas escavações estiveram quase sempre pessoas que eu conheço pessoalmente e posso, por essas, pôr as mãos no fogo.
A arqueologia só agora é um "negócio". Apenas com o advento das firmas de apoio arqueológico que a lei criou. Mas isso não é sinónimo de incompetência ou mesmo de desonestidade.
Desonestidade haverá quando uma autarquia se mune dum arqueólogo precáriamente contratado e por esse facto o "obriga" a branquear actos negligentes e mesmo atentados ao património.
Isso meus amigos, não é só em Tomar que pode acontecer.
Pergunto-me se quando os empreiteiros ou as autarquias "chamam" os arqueólogos não terão já arrasado o que é realmente importante.
Depois, mesmo que os arqueólogos tenham intervido da melhor forma fica o quê??
Coisas como aquele caixote do lixo gigante ao pé do pavilhão ?
A vida é difícil meus amigos. Autarquias e Empresários com sentido de responsabilidade nesta área é raro. Talvez existam em zonas ou países onde a necessidade da manutenção de identidades culturais seja realmente importantes. Aqui, em Tomar, ou em Portugal o que interessa é dinheiro no bolso, cartão dum partido do BLOCO CENTRAL e gozar a vida como se pode.
No fim teremos a sorte de ser escavados por uns gajos mais inteligentes que nós.

Anónimo disse...

Muito Bem senhor Insidejob.
Gostei das suas palavras.

Manuel

Anónimo disse...

Não percebo tanto barulho por causa de um T que não é mais do que fruto de um restauro mal conseguido.
Mas mesmo que fosse um T de Tau, , agradeço que me indiquem as ligações entre os Templários e São Francisco.

Francisco

InsideJob disse...

Sr Francisco
Não me parece que existam ligações relevantes entre a Ordem do Templo e a Franciscana.

O T só merece discussão pelo facto de NA BASE apresentar algo que curiosamente faz lembrar uma construção gráfica. Se isso é produto de restauro ou emulação, não sei. Mas não me parece.
Quanto à significação, creio que o facto de não se ter até agora chegado a uma conclusão, não deverá contribuir para a ideia da artificialidade do eventual T.

Anónimo disse...

57

alguem enjoado do T disse...

Olá.
REalmente só falam do T...
Penso que não terá grande mistério à volta disso...

Mas o facto do Templo ter uma chaminé na capela lateral pode ser mais intressante... que acaham dos templarios terem feito ali algumas praticas alquimicas??

porque não comentam as outras fotos á umas bastante curiosas...

aquela inscrição na horizontal na parte lateral da fachada é estranha, não conheço nenhum pais que uso aqueles caracteres...

o facto de ter colunas a cobrir fachada não é novidade em certas igreijas... mas não conheçia e nem imagino como seria... visto que nos anos 30/40 quando foi restaurada as escadas estavão bem mais proximas da entrada.. não teria grande espço para uma cobertura...??!!

Na esquina do templo... que serão aquelas duas pedras???

aquela cruza não estaria dentro do Ttemplo?? ou será que foi encontrado noutras escavações pela cidade... não esqueçamos que ela foi colocada nos anos 30/40..

cumprimentos

Anónimo disse...

Meus amigos em Tomar nada é o que parece.
Tanto um símbolo pode ser fruto do acaso,como pode ser uma pista para algo ....
Tomar é Tomar .
Deixo uma pista :
Tomar é como um espelho.... ./.
Cada um que tire a sua conclusão.

Anónimo disse...

Realmente isto vai de mal a pior... vem uma chaminé e pensam logo em prácticas alquimicas... curem-se sff.... assim não vale a pena vir a este blog... onde já se viu...

Anónimo disse...

De facto, este blog começa a parecer um ponto de encontro dos adeptos das teorias da conspiração.
Sonhar símbolos em cada pedra da cidade é muito para além do razoável. Mesmo quando falamos da Ordem do Templo e da Ordem de Cristo.

Anónimo disse...

QUEM NÃO GOSTA NÃO COME.

GUALDIM

Anónimo disse...

MAÇONARIA O QUE É???
OPUS DEI O QUE É ???
ROSA CRUZES O QUE É ???
ACORDEM PARA O MUNDO,TEM A MANIA QUE PODEM FAZER O QUE QUEREM,POBRES IGNORANTES.
TUDO NA NOSSA VIDA É CONSPIRAÇÃO.SE ATÉ OS NOSSOS VIZINHOS AS VEZES CONSPIRAM CONTRA NOS.

InsideJob disse...

Estou abismado com tanta "violência" !!! :-)

Este Post é sobre Santa Maria do Olival.

Ao menos esperem que os "gestores" do blog "postem" um chamado:
"Esoterismo; Maliciosa Ficção ou Vertente Menos Conhecida da História Humana ?"

Anónimo disse...

Para o nosso amigo que se encontra doente vai um grande abraço com votos de rápidas melhoras.

João e Azul

Força

Anónimo disse...

E se os "Os Cavaleiros Guardiões de Santa Maria do Olival", se preocupassem menos, com T, rebôcos e dicussões sem sentido, e fossem ver os vandalismos e faltas de respeito a que a Igreja tem sido sujeita nos últimos tempos? Pelo menos vejam as fotos publicadas no "Templário". Desde fazerem o mercado encostado às paredes do Templo, até ao monte de árvores cortadas e deixadas frente ao mesmo, há de tudo. E que me dizem da estrada que segundo parece, lhe vai passar ao pé?
Atenção, senhores Cavaleiros. Tentem guardar o que vale a pena. O resto, são pormenores.

InsideJob disse...

Ah só agora é que notou que vai lá passar uma estrada?
E a rotunda, já sabe dessa?.
Pois é, mas não se indigne com os "bloguistas"... indigne-se com as pessoas, as entidades, que deixaram que isso viesse a ocorrer.
O Templo de Sta Maria dos é Monumento nacional, certamente foram pedidos pareceres...
É preciso fazer-lhe um desenho ??
Portugal tem os organismos e a competência que merece.!

Anónimo disse...

E quem lhe disse que eu estava indignada com vocês? Acho é que o nome que têm, deviam estar indignados com os tais senhores.
Quanto a precisar de desenho, bastam-me as fotos e aquilo que vejo, quando lá passo.
Obrigada pela sua resposta.
Maria

InsideJob disse...

Ok OK
Já vi que estamos na mesma onda.

De facto as intervenções para aquela zona foram projectadas por pessoas que não sabem nada de edifícios antigos nem de Património.

O que se devia ter primado era pela salvaguarda acima de tudo do edifício e a seguir pensava-se nas infraestruturas urbanas.

Mas, quem admite ou tolera, ter espectáculos como aqueles que ocorrem ali todas as sextas feiras, não pode ser fonte de boas ideias para o Património.

Voltámos ao tempo medieval... só que os cavaleiros desapareceram, ficaram os cavalos!!

Anónimo disse...

Cavalos não Burros

Anónimo disse...

SEI DE FONTE SEGURA QUE OS cAVALEIROS DE sT.MARIA NÃO ESTAO A DORMIR.
mAS UMA COISA LHES DIGO,O CONCELHO DE TOMAR É MUITO PACIFICO,AS PESSOAS SÃO MUITO PARADAS,COMEM TUDO SEM SABER DE ONDE VEM E A RESPEITO DE CULTURA 70%DAS PESSOAS NADA SABEM SOBRE O SEU pATRIMONIO.
vOU CONTAR DOIS EPISODIOS MUITO MARCANTES:
cERTA VEZ ESTAVA EU A PERGUNTAR A TRES SENHORES (ISTO PERTO DO PAVILHAO MUNICIPAL)ONDE ESTAVAM A RUINAS VISIGODAS QUE ME FALARAM QUE LÁ PERTO EXISTIAM,AO QUE ME RESPONDERAM.
pRA QUE QUER SABER,ESSES PARVOS DOS ARQUIOLOGOS DESCOBRIRAM UMAS RUINAS DE UMAS CASAS VELHAS E COM ISSO FIZERAM PARAR A OBRA DO PAVILHAO POR 6 MESES,OBRIGANDO O SPORTING DE TOMAR IR JOGAR HOQUEI PARA FORA DURANTE ESSE TEMPO.
mAS PIOR AINDA FOI QUANDO ME DISSERAM QUE GRAÇAS A DEUS,QUE QUANDO ESTAVAM A MUDAR OS ESGOTOS NA ESTRADA PERTO DO PAVILHÃO ,QUE FORAM DESCOBERTAS OUTRAS RUINAS MAS QUE O PRESIDENTE DA CAMARA OU SABER ,NESSA MESMA NOITE MANDOU ALCATROAR TUDO.
sABEM COMO SÃO CONHECIDOS OS ARQUIOLOGOS EM TOMAR (ENPATAS).
A ULTIMA FOI O MES PASSADO,ESTAVA EU AO PÉ DAS ESCAVAÇÕES DE ST mARIA ,QUANDO DOIS SENHORES PASSAM POR LÁ E COMEÇAM AOS GRITOS A DIZER:
sEUS CHULOS,PARASITAS SÓ ESTÃO A OBSTRUIR O DESENVOLVIMENTO DA CIDADE.
cADA VEZ QUE VOU A TOMAR VENHO COM DORES DE CABEÇA.
HÁ AGORA É O CENTRO COMERCIAL QUE QUEREM FAZER NO SITIO DO VELHO MERCADO,JÁ AGORA CONVIDEM O TOMAS TAVEIRA PARA FAZER O DEZANHO.
cOMO ALENTEJANO QUE SOU,FICOU RADIANTE COM A MANEIRA QUE OS ALENTEJANOS E AS SUAS AUTARQUIAS PRESERVAM OS SEUS MONUMENTOS ,AGORA EM TOMAR MEU DEUS.

PORTUGUES

InsideJob disse...

Caro Português

Por já ter sido um "Empata" compreendo a sua indignação.
Isto é um problema de cultura, mas também de inteligência.

Se por um lado a população de Tomar, e falo em termos muito generalistas, vê os seus monumentos como uma mais valia e factor de identidade, despreza totalmente a vertente arqueológica.
Na minha opinião o "Monumento" é visto como um adorno, algo que se coloca numa montra para chamar clientes, nada mais.
Pois lá vão sabendo que Tomar é ocupada desde o Paleolítico, que havia uma "cidade romana", etc.
Mas o simples facto de a CM de Tomar não dispor de um gabinete de arqueologia e património, ou mesmo o facto de não haver esforços pra a instalação de um museu, demonstra o posicionamento do tal autarca que mencionou.
Claro que as obras atrasam, claro que há problemas com isso. As pessoas têm razão, porque ao fim e ao cabo andam há anos com estes empatas à perna e não vêem nada de resultados.

MUSEU de TOMAR e BOLETIM CULTURAL JÁ... BOLAS. BOLAS. !!

Anónimo disse...

O senhor que se assinou Português, deu um exemplo que eu acho "exemplar". Passei há pouco tempo, pelo Alentejo interior e, fiquei encantada com o modo como as casas e monumentos, têm sido recupreadas. Assim vale a pena. Toda a paisagem, casas e gentes, continuam a ser o "Alentejo". Contaram-me, há dias, que em Mourão, um grupo de visitantes, indo a uma taberna típica, até teve direito, a ouvir os cantares, tão próprios dos alentejanos. Assim é motivo de orgulho ser alentejano.
E nós, tomarenses, que nos podiamos anos atrás orgulhar da nossa linda terra, que vemos agora? Asneira sobre asneira, faltas de respeito por um Património que foi rico e, que qualquer dia só existe em fotos e na memória dos mais velhos como eu. Mas o que poderemos fazer para modificar este estado de coisas?
Para insidejob: Obrigada por ter entendido. Parece, que afinal estamos do mesmo lado.
Maria

Anónimo disse...

Meus amigos o problema de Tomar é ser templária.
Igreja e Templários não liga.
Não é por acaso que os mandou matar.
Se for feita a pergunta aos Tomarenses :sabem que estatua é aquela na praça?vão ficar de boca aberta.Nem imaginam, á pessoas que dizem ser o D.Afonso,nosso primeiro rei.Numca leram o que lá esta escrito.
Sr insidejob,as obras que se tem feito em Tomar não tem utilidade nenhuma,foi só uma maneira de ganhar dinheiro.
Para que esta ponte nova em St.Maria,por um acaso não podia ser 200m mais abaixo.Tinha de ser frente a Igreja.Uma vergonha.Todos os presidentes da camara depois do Sr Murta mais não quizeram que se abetuar.
Agora todas as pessoas que não são de Tomar precebem o porque da cidade não se desenvolver.
deixo aqui uma frase que se conta aqui em Tomar que explica tudo:

QUEM SE METE COM A IGREJA LEVA

UM TOMARENSE INFELIZ

InsideJob disse...

Sr. Infeliz:
Deixe-me dizer-lhe que acho a sua análise histórica um pouco "forçada".
A Igreja são as pessoas;
O processo contra os Templários teve a sua origem num rei francês,Filipe o Belo, um seu colaborador/esbirro, Nogaret e finalmente um papa, Clemente V.
Foi uma conjugação política, uma negociata, que de resto se revelou igualmente infeliz para os inimigos da Ordem do Templo: passados menos de 12(?) meses estavam mortos.

Gostaria de considerar que Tomar não é apenas cidade Templária mas também cidade da Ordem de Cristo, acarinhada durante tantos séculos pela coroa Portuguesa e principal responsável pelas empresas marítimas...
Temos, e refiro-me aos Tomarenses, de defender esta cultura. A da universalidade, da tolerância e sobretudo do saber.
Tomar deverá ser uma cidade de cariz ecuménico, como já o foi durante o período anterior a D. Manuel.
As ordens do Templo e de Cristo dão "pano para mangas".
Cito o exemplo de Palmela, localidade de menor dimensão, cuja autarquia dinamiza há anos um congresso e várias iniciativas sobre estas temáticas.
Veja:

" Palmela acolhe
2008/03/08

"Artes e Artistas das Ordens Militares" é o tem escolhido para a 8ª edição do curso, a decorrer durante este fim de semana, em Palmela.
A iniciativa reúne alguns dos maiores especialistas nacionais na matéria, que vão abordar questões de comportamento artístico, de caracterização de estilos, de iconografia e de iconologia, aprofundando a biografia de mecenas e mestres das diversas modalidades artísticas.
O pintor José Avelar Ribeiro, os trabalhos do arquitecto barroco João Antunes, a escultura e as Ordens Militares no século XVI e monumentos como o Mosteiro de Santos-o-Novo, em Lisboa, ou o Convento de Cristo, em Tomar, são alguns dos temas a aprofundar no curso, que conta com a consultoria científica do Professor Doutor Vitor Serrão, do Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa."

Isto é cultura...
Isto é trabalho, é identidade, é pôr a localidade no mapa...

Anónimo disse...

Tomar é diferente de todas a mais cidades de Portugal.
Tomar é Tomar

Muita gente morreu por Tomar
Muita gente sofre por Tomar
Estamos numa zona muito pantanos

Anónimo disse...

Muitos pantanos

Anónimo disse...

Pois é. Tomar era uma cidade única.
Faz-me muita pena, que cada vez esteja mais parecida com todas as outras. Não estraguem mais, tavez ainda se vá a tempo de salvar alguma coisa.
Que saudades eu tenho da Tomar da minha infância, com flores e jardins por todo o lado, com despertenciosas ruas estreitinhas, com calçada e muito limpas.
Onde isso já vai!
A minha terra que eu tanto amo,está tão diferente! Se calhar, já estou velha para tanta modernice.
Maria

Anónimo disse...

A saudosa Tomar dos anos 60 tinha como suporte uma presença industrial que entretanto cessou.

Mas as freguesias ... era uma miséria meus senhores.

De 1920 (?) até cerca de 1970, houve em Tomar uma Associação a UAMOC, Associação dos Amigos dos Monumentos da Ordem de Cristo.
Os seus membros, vários ilustres e anónimos Tomarenses, deixaram a marca na cidade. Publicações, Obras, e história.
Antigamente a CM de Tomar, tinha a Comissão de Iniciativa e Turismo.
Agora só necessitava da Comissão de Iniciativa...

InsideJob disse...

Por lapso não assinei o comentário anterior, dsclp.

Anónimo disse...

A UAMOC acabou tal como a cidade vai acabar ,é o seu destino.
Tanta gente a querer ganhar dinheiro a custa dela, ele é :obras,ceitas,escritores fantasistas que mais não querem se aproveitar da historia da cidade,politicos corruptos,igreja.
So tenho receio que um dia os monges guerreiros se levantem das suas tumbas e passem a fio de espada estas mentes e corações impuros que mais não fazem que violar os seus locais sagrados a procura da fama e do vile metal.
Pelos relatos que me tem chegado já não deve faltar muito.

God`s Warriors

«+»

Anónimo disse...

Desejo melhoras rápidas ao amigo que, só agora soube, ainda está doente.
Beijos e melhora depressa P.
Ana P.

scaliburis disse...

Thomas Lietz, religioso inglês de origem austro-húngara, desenhou em 1618 um esboço da fachada da igreja de Santa Maria do Olival assim como da torre sineira. No desenho (do qual possuo uma cópia obtida em Lille, França, há cerca de três anos - e após uma busca alucinante de 22 dias - que tinha estado exposto na catedral de Ipre, actual Bélgica) da fachada do templo pode ver-se perfeitamente a antiga cruz templária, usada na Palestina. O 'famoso T' não é mais que a parte de baixo da referida cruz. O resto desapareceu numa qualquer restauração posterior.
se querem saber como era, vejam a lage à entrada do templo, onde existe uma igual.

scaliburis disse...

De notar que a cruz a que me refiro era gravada na pedra que estava no referido local onde agora aparece o famoso T. não sei se a pedra é a mesma mas tudo indica que não. O que aparece agora na foto não passa do reboco onde alguém, em tempos, procurou reproduzir nele a imagem original.