Contacte-nos através do nosso email:
cethomar@hotmail.com

3/22/2008

Thomar de Antigamente



É com enorme prazer que anuncio neste blog, a exposição que esta a decorrer na Biblioteca Municipal de Tomar. A Exposição é uma mostra de coleccionismo, tendo como tema principal Tomar no seu passado.


Organizado pelo Clube de Coleccionadores de Tomar, e tendo como expositor Ricardo Branco, que teve como objectivo primordial incentivar todas as pessoas ao coleccionismo, bem como realçar as mudanças evidentes que foram surgindo com a evolução da Cidade de forma a que possamos olhar para o “nosso” património e para a “nossa” cultura de forma diferente, para que se possa preservar durante mais anos e de maneira a que as gerações vindouras a possam estudar e fundamentar as suas opiniões tal como os nossos antepassados o fizeram e como nós próprios o fazemos.


A exposição estará aberta ao público até ao dia 31 de Março de 2008, no átrio da Biblioteca Municipal de Tomar. Esta exposição assinala também o aniversário do Clube de Coleccionadores de Tomar que comemora 10 anos, como tal estão anunciadas novas exposições no decorrer deste ano.


Ao clube de Coleccionadores de Tomar desejamos um futuro muito próspero!

Algumas fotografias da exposição:







Até breve

9 comentários:

InsideJob disse...

Já me chegaram boas reacções à exposição. Pequenina mas muito variada. Dizem-me também que está lá um livro sobre a Santa Iria, que eu nunca ouvi falar... Podem fornecer-me os dados do mesmo ?

Continuação é que é preciso.

ah! e os calendários do União, velhos tempos...
Ainda cá tenho umas coisitas do União que um dia havemos de ver...

António Ferreira disse...

Bem hajam!

Foi com prazer que admirei todo aquele património coleccionável do nosso amigo!
Sem duvida um espólio muito interessante e variado, contudo acho que ainda poderia ser melhor aproveitado, como por exemplo se estivesse em permanente exposição em vários monumentos de Tomar (a não esquecer que os turistas não vêem nem metade do património tomarense).

Contudo quero realçar que esta exposição está melhor organizada e melhor conseguida que a de à 2 ou 3 anos... já não me lembro ao certo... Penso que também deviam ter apostado mais na publicidade pois não se encontram cartazes na cidade e a publicidade que vem descrita na imprensa e diminuta ou insignificante, pois passa despercebida aos olhares menos atentos. De qualquer maneira é sempre uma iniciativa a louvar, visto que nos faz olhar para traz e percebermos que fizemos Historia e que o futuro só depende de nós!

Penso que a ideia que vos vou lançar agora vem num momento oportuno, pois tanto se fala em preservar o património e faze-lo reviver os seus momentos de auge... pois aqui vem ela!: Museu Municipal de Tomar!!!
Relembro que nos anos 70 quando o jornal Sellium saiu (esse mesmo está na exposição do nosso amigo), também eles defendiam a criação de um Museu Arqueológico... Mas não indo só por esse campo... podemos tentar explorar todo o património de Tomar, as suas culturas, trajes, tradições e todo os objectos soltos que andam espalhados em vários monumentos, (algumas mal acondicionadas e sujeitas às condições atmosféricas, basta relembrar a quantidade de estelas que estão no Claustro da Lavagem no Convento de Cristo), "encontrar" aquelas que foram "perdidas", e coloca-los de modo a que consigamos perceber o quanto esta cidade era importante...e pouca gente o reconhece… mas por exemplo à 2000 anos; à 800 anos; à 500 anos; à 100 anos... poucas pessoas conseguem perceber o quanto Thomar era importante nesta altura, nem nós historiadores, conseguimos perceber ao certo!!! O Museu seria só mais uma ajuda nesse sentido!!! E cria-lo seria dar o devido valor, mais que merecido aos tomarenses e à sua cidade!

Penso que criar um Museu apenas arqueológico não faz sentido (pois penso que se fosse mais variado seria mais proveitoso, pois património há imenso, basta ver as villae romanas aqui à volta, Caldelas, Cardais, Sellium, Concordia, S. Silvestre...) mas penso que poderíamos varia-lo mais ainda e valoriza-lo mais nesse sentido!

Na minha opinião o melhor sitio para esse Museu seria, no Fórum ou no que dizem que são os restos da capela de S. Pedro de Fins, au Santa Maria de Sellium.... Está bem colocado a nível da cidade, obrigava os turistas a passear mais pela cidade e não se restringirem apenas pela parte velha… ou mesmo o que nem à cidade vêem,,, (esses são bem mais!!! Basta verem as estatísticas!!!) Seria feito um piso em vidro, onde se pudesse perceber todo o que estaria no sol, e através das paredes colocar, painéis de azulejos, ou o leão em bronze que foi encontrado, ou mesmo a cabeça do Imperador Augusto, etc... Por exemplo um piso seria apenas para a arqueologia, ou caso houvesse necessidade podia-se estender ate outros pisos! Pois penso que um edifício ate 3 pisos não ficaria desenquadrado do local, onde estou a situa-lo.

Agora que falei nisso, é importante estudar o caso! A cidade é que perde, pois tem um dos poucos monumentos pertencentes á UNESCO, tem uma história incrível e não se faz valer dela…. Pois se forem ver a quantidade de turistas que visitam o Convento de Cristo, e se comparar-mos por exemplo com a sinagoga ou com o Templo de Santa Maria dos Olivais verão que nem um quarto dos visitantes param na cidade….o que está mal!!!??!!! Alguma coisa é certo! E tem de ser mudado o quanto antes!!! Vale a pena reflectir e todos juntos chegarmos a algumas conclusões. Só assim se evolui… ouvindo e discutindo as varias opiniões. É nesse sentido que quero dar os parabéns ao blog, pois tem sido o ponto de encontro de vários interessados na cultura e história tomarense e templária. Continuem!

Quero também dar os parabéns ao Clube de Coleccionadores de Tomar, pelas iniciativas que te levado a cabo e quero desejar a todos uma boa Páscoa.

Ao Azul e ao João, espero encontrar-vos em Cem Soldos, amanhã para a Aleluia!

Até breve.

Anónimo disse...

É verdade que descobriram um túnel até ao Convento de Cristo?

Anónimo disse...

ya ya!!!... ontem À noite quando o pessoal vinha do rio bar! propessaram numa pedra e cairam num tunel... continuaram a andar e só sairam no castelo...
o problema foi quando acoradaram de manha e no meio do passeio...

José Dias disse...

A exposição está muito interessante! Parabens ao autor! A ideia de um Museu parace ser muito correcta e necessaria!
Força!
Abraços

Anónimo disse...

Infelzimente só me foi possivel visitar hoje a exposição. De facto faz faz mais acções destas, para revitalizar as memorias dos mais velhos... bem que fiquei com algumas imagens durante horas a vaguiar pela minha cabeça.
Aos autores parabens!

Quanto ao museu é uma questão impertinente sem dúvida! Mas relembro que o forum está num terreno privado, que só vende por alguns (bons) €€€, no entanto a C.M.T. poderia avançar com uma despropriação, caso não chegassem a acordo! Seria sempre uma forma de resolver este assunto que já se fala a quase 40 anos!

Realmente, é verdade! comprando com outras cidade e vilas. a cidade tem um Património grandiosissimo e valiosissimo e porque raio não temos nenhum Museu que o estude , identifique e o proteja!?

Cumprimentos a todos!
Joaquim de Sousa

Anónimo disse...

Gostei muito de ver esta exposição.Ai que saudades das velhas glorias do união.
Naquel tempo Tomar era Tomar.
Quem sabe um dia não voltamos a ser Maiores.
Parabéns por nos fazer relembrar os bons velhos tempos.

Maria

Anónimo disse...

É pena que não se documentem como devem. Escrevem depois de terem ouvido mal, de não terem lido nada de sério, depois de terem pensado e interpretado pessimamente. Não é assim que conquistam dignidade das coisas que tocam ou de pretendem falar.
Mas toda a gente tem direito a escrever asneiras. Como fica escrito... talvez alguém acredite

Anónimo disse...

Também concordo que há por aí... e até nos jornais cá da cidade... quem escreva asneiras que pretende que sejam verdades insufismáveis. Pelo facto de terem um papel na frente, não têm o direito de escrever tudo o que lhes apetece. Ou que lhes parece. Faltam à verdade e Há pessoas e património que ficam mal valorizados pela ignorância de quem quer escrever de capoeira...
Youachim Zacarias