Contacte-nos através do nosso email:
cethomar@hotmail.com

1/03/2007

D.Gualdim Paes

No ano da graça de 1118, nasce D.Gualdim Paes,filho de uma familia humilde do norte de Portugal (local de nascimento não è conhecido,pois ha certas duvidas em relação a Amares).Com 3 anos è levado por 2 Cavaleiros Templàrios para o instruir junto de seu irmão de ordem D.Afonso Henriques. Com 17 anos foi armado cavaleiro ,combateu na batalha de Ourique junto com D.Afonso Henriques. Por volta dos 21 anos é eleito Grão-Mestre da Ordem Templária. Anos depois parte para a Palestina ,onde teve contactos ,com sábios egípcios, arabes, judeus e cristãos gnòsticos .Participou em várias batalhas ,entre elas Askalom onde foi reconhecido como um grande lider. Após 5 anos volta a Portugal, e reconstroi e alarga o Castelo de Thomar, fazendo deste o maior do mundo a nivel de aréa. Ao mesmo tempo reconstroi o principal centro espiritual a par das piramides em Thomar (Templo de Sta Maria do Olival), um espaço aberto a todos os credos. Thomar é a partir daqui sede oculta da Ordem Templária e escola espiritual de todos os cavaleiros templários. No dia 13 de outubro de 1195 D. Gualdim Paes entrega o seu espirito a Deus e é sepultado em Sta Maria do Olival.(resta-nos saber como morreu este sabio templario.)
Esta é a informação quetemosdeD.Gualdim Pais, quem tiver outras opiniões faça o favor de as expor.estamos ca para as debatermos.
Não para nós, Senhor, mas para que este blog seje de todos os templarios!
Saude, Até a vista!

2 comentários:

DEGRACONIS disse...

Em jeito de prelúdio quero antes de mais, congratular-vos pela vossa belíssima ideia - da ideia nasce a obra - da criação de um espaço dedicado ao "convívio" templário.

Não aspiro a historiador, contudo terei o maior interesse em participar neste vosso blog, com os meus singelos comentários. E quando puder contribuir com informação útil que seja de interesse não o hesitarei em fazer.

Todavia, faço-me também portador de uma voz crítica em prol da verdade ( que está inflacionada), tal sem descurar, a importância que esses homens de vultos brancos alcançaram na idade média. Não se pense que sou um positivista na busca da verdade história, contudo, e dado o campo fértil em termos de imaginação que é o tema, prezo por uma demanda que seja criteriosa dentro do possível. O lirismo excessivo pode ser de tal forma transversal à realidade, que nunca obteremos respostas ou confirmações às diversas suposições. Não porque essas verdades sejam ocultas ou dissimuladas, mas sim porque exageradas as questões.

No vosso texto, não sei se por negligência da vossa parte ou por errónea leitura da minha parte, sobressalto-me com algumas das vossas afirmações. No próximo comentário as abordarei.

non nobis sed blog tuo da gloriam disse...

Parabens pela vossa iniciativa, fico muito contente por constatar que mais pessoas partilham a minha admiração pelo D. Gualdim.

Se foi ou não grão mestre não sei, mas o que é certo é que o seu papel na fundação de Portugal é fundamental, e a sua influência ultrapassava as terras lusas.

Que Portugal foi um projecto templário não faz nenhuma dúvida, não fosse o D. Henrique de borgonha proximo dos templários e o D Afonso Henriques "irmão templário".

Os descobrimentos tambem foram "patrocinados " pelos templários através da ordem de cristo.

Continuem a procurar a verdade, com rigor e pertinência e continuarei a ler o vosso blog com interesse e agrado.